Poção do dia 20 de outubro//sentidos flutuantes da imagem

20 de outubro de 2010 § Deixe um comentário


é quando aceito em meus lábios a rigidez

dos muros

que eu ouço uma pancada de martelo

nas asas

de todas

as nossas infâncias


regina gulla, outubro 2010

………………………


a casa de fora, na casa de dentro


Hoje a poção nos suscita  a  transgredir, por meio de palavras, o status do espaço e do tempo habituais; nos convida a transitar pelo tempo mítico e caminhar por espaços curvos, esféricos, imprecisos; os nossos passos, ao compor a imagem (que por natureza é exótica)  entremeiam-se como num bordado.

O que você tem, nas mãos, ao bordar tempo e espaço em imagem, é um objeto estético feito de oscilações de sentido; um objeto, embora escrito no plano,  flutuante.

Exótico (ex-ótico, além do ótico)

Vamos?

Acompanham-me?

Então cometam o seu poema.

Abraços

da Regina Gulla

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Poção do dia 20 de outubro//sentidos flutuantes da imagem no O BOSQUE SONHADOR.

Meta

%d blogueiros gostam disto: