Consultório Sentimental/Aconselhamento Poético do Bosque Sonhador

1 de setembro de 2010 § 2 Comentários

Lampiões do Bosque

Consultório sentimental do CiberBosque
Aqui, trabalhamos com escuta
e aconselhamento poético. Consulte-nos
sempre que quiser

Todos nós que colocamos uma carta no correio, temos o secreto desejo de perguntar a alguém: Imagina como me sinto?

Desde sentimento indefinido a desespero total

Suspeita de estar sendo amado demais

Sentimento esparramado

Fome de cuidar de amimaizinhos abandonados

Alegria incontida, tristeza de querer morrer agorinha,

Bondade não reconhecida

Saudade, extravagância com seus mais preciosos carinhos, dúvidas sobre a existência

Sede de aconchego, sensação de abandono e perda de fé na humanidade

Vontade de fazer as pazes (bonito que é pazes, esse plural, não?)

Procure nossos  faunos, ninfas, vagalumes, marujos que viajam em barcos sobre tabuleiros de xadrez, criança com paninho enrolado no dedo, enfim, gente com experiência em linguagem imaginativa.

Encontre aqui ressonância para sua experiência, solicite ao pronto atendimento poético uma imagem ou  semelhança dessa  emoção para a qual você não encontra palavras.

Quer ver só?

Aconteceu comigo, Regina Gulla, a Re, aqui, fundadora deste Blog juntamente com Mariana Dorin e Fabio Pierro. Foi assim: enquanto pensávamos o Bosque, conversa daqui, consulta dali, eu tive uma tristeza por dois dias inteiros, me sentia abandonada por pessoas, calro, de um passado distante, mas que me enfraqueciam poderosamente ainda.

E fui e contei à Mariana e ao Fábio, separadamente, e o que fizeram? Dó de mim? Não. Pegaram a matéria do meu sentimento e imaginaram, imagem atrás de imagem. Levou um dia, e olha a tradução de mim para mim mesma que eles souberam gentilmente dar de volta às minha reclamação por compreensão.

De como Fabio e Marininfa me resgataram de uma tristeza indefinida, um dia desses:


……………………………………………………………………………..

fabio:  olha. vc faz o seguinte. vc apanha um fio de lã ou
ate um cordonê  antes de se sentar num lugar bem lindo.
ai vc amarra uma ponta no pé da  mesa e a outra no
seu dedo. pronto.

ai voce pode ir tranquila  por onde quiser. pode vc vai
saber voltar – mesmo que esteja escuro. é  possivel que
vc encontre esses homens maus la, sabe? se  acontecer,
vc nao hesite. diga para eles que ficou sentida, mas  que
agora vc vai viver a sua vida.

isso mesmo! diga isso. e  nao se esqueça de agradecer,
mas só se for o caso.

aguardo relatos  dessas  incurssoes.

……………………………………..

[08/26/10  22:19:58 ] marimari mom! : você é uma mangueira muito grande e cheinha de  fruta cheirosa sabe
[08/26/10 22:20:08 ] regina : eu?
[08/26/10  22:20:17 ] marimari mom! : só que você pensava que era um  bonsai
[08/26/10 22:20:22 ] regina : tá bom
[08/26/10 22:20:27 ]  marimari mom! : e pra piorar alguém comprou você na loja, tipo  pequenininha
[08/26/10 22:20:37 ] marimari mom! : porque achavam que  você não ia crescer muito e nem sentiria falta de crescer
[08/26/10  22:20:46 ] marimari mom! : e botaram você num quarto, dentro de um vidro,  bem bonsai.
[08/26/10 22:20:54 ] marimari mom! : e foram aparando seus  galhos
[08/26/10 22:20:55 ] regina : aparando…
[08/26/10 22:20:58 ]  marimari mom! : quando eles começavam a crescer
[08/26/10 22:20:58 ]  regina : é isso mesmo! Eu sabia!
[08/26/10 22:21:06 ] marimari mom! : e aparavam e você  começou a se entortar
[08/26/10 22:21:14 ] regina : ‘e assim meeesmo  que eu sinto
[08/26/10 22:21:15 ] regina : fala mais um pouco, anda
[08/26/10 22:21:15 ]  marimari mom! : e o quarto ficou escuro
[08/26/10 22:21:19 ] marimari  mom! : sem sol
[08/26/10 22:21:21 ] marimari mom! : sem  chuva
[08/26/10 22:21:24 ] marimari mom! : de repente
[08/26/10  22:21:32 ] regina : e

[08/26/10 22:21:33 ] marimari mom! : alguém se  mudou. mudaram de casa. e esqueceram o bonsai lá
[08/26/10 22:21:41 ]  marimari mom! : quando viram tinha uma arvorezinha ali
[08/26/10  22:21:48 ] marimari mom! : e resolveram plantá-la na terra
[08/26/10  22:21:55 ] marimari mom! : e ela resolveu crescer porque viu o sol e  porque viu a chuva
[08/26/10 22:22:12 ] marimari mom! : e as pessoas  queriam cuidar dela
[08/26/10 22:22:13 ] regina : é isso que eu to  sentindo e nao tenho palavra, marininfa
[08/26/10 22:22:19 ] marimari mom! : e  começaram a achá-la muito bonita e necessária
[08/26/10 22:22:23 ]  marimari mom! : então ela começou a dar mangas
[08/26/10 22:22:27 ]  marimari mom! : bem gostosas e cheirosas
[08/26/10 22:22:37 ] marimari  mom! : e aquilo começou a fazer barulho na vizinhança
[08/26/10  22:22:41 ] marimari mom! : e todos vinha apanhar as mangas
[08/26/10  22:22:41 ] regina : rs
[08/26/10 22:22:48 ] regina : rs
[08/26/10  22:22:49 ] marimari mom! : e virava uma brincadeira de subir na mangueira  e trepar e apanhar manga
[08/26/10 22:22:57 ] regina : rsrsrs
[08/26/10  22:22:58 ] marimari mom! : e ela nunca mais parou de dar  manga.
[08/26/10 22:23:02 ] marimari mom! : 🙂 foi isso.
[08/26/10  22:23:09 ] regina : 🙂 rsrsrsrsrrsrsrsrsr
[08/26/10 22:23:14 ] marimari mom! : a história  da mangueira que pensavam que era bonsai

Precisava Mais?

Manhã seguinte, o sol já brilhava diante do meu nariz.  Amarrado o barbante na mesa, reguei o pé de manga, chupei uma ou duas delas,  comecei um livro novo e terminei a Apresentacão  do CiberBosque, que eu estava simplesmente enrolando há dias. Foi um efeito mais que imediato; foi um espelho, só que com o meu retrato dentro, escrito nas  imagem deles,  a afeto e cores.  Quero agradecer a esses dois queridos, aqui mesmo, olha, escutem, poetas: Não se encontra CiberBosque de Correio Sentimental dando sopa assim, não. E desculpe a indiscrição por postar aqui, na íntegra, mas nenhum exemplo seria mais lindo que esse. Grata. Mui grata.

Quer mais um exemplo?

Uma alegria discreta, pode encontrar tradução poética em se dar pulinhos à toa, ou em uma lambida no sorvete de morango; ao passo que uma exuberante alegria pede mais a imagem de uma pororoca, não?

Que acha?

Dá uma idéia, vai lá, posta pra gente, pra todo mundo, vai.


Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

§ 2 Respostas para Consultório Sentimental/Aconselhamento Poético do Bosque Sonhador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Consultório Sentimental/Aconselhamento Poético do Bosque Sonhador no O BOSQUE SONHADOR.

Meta

%d blogueiros gostam disto: